Acontece no geo

Tudo que acontece no geo está aqui.
confira as últimas notícias.

Veja Mais
14 de fevereiro de 2020

Direção dos colégios GEO SUL e Tambaú alerta equipe, alunos e pais sobre gravidade do ‘desafio’ do ‘Quebra crânio’ ou ‘Rasteira’

            Reforçando o comunicado da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) alertando pais e educadores sobre os riscos que correm as pessoas que participam da chamada ‘brincadeira’ ou ‘desafio´, onde três pessoas ficam lado a lado, enquanto a do meio salta e os dois das extremidades aplicam uma rasteira de surpresa, causando sua queda, as direções do colégio GEO SUL e Tambaú colocou essa preocupação para suas equipes pedagógicas, no sentido de ficarem mais atentos a supostas brincadeiras neste formato no ambiente escolar e alertarem os alunos sobre essa questão. E está solicitando que pais e responsáveis redobrem a atenção também no ambiente doméstico. “Brincadeiras existem para diversão, não para comprometer a saúde e até a vida das pessoas”, reforça o diretor do GEO Tambaú, Danilo Abdala.

            Esse assunto ganhou espaço na mídia nos últimos dias e já preocupa autoridades e profissionais do setor da saúde no país, tanto que a SBN emitiu um comunicado de utilidade pública. Na nota, assinada pela diretoria executiva do órgão, eles alertam que essa ‘brincadeira’ pode provocar lesões irreversíveis ao crânio e encéfalo, além de danos a coluna vertebral e como resultado, a vítima pode ter seu desempenho cognitivo afetado, fraturar diversas vértebras, ter prejuízos aos movimentos do corpo e, em casos mais graves, ir a óbito, como ocorreu, no final de 2019, com uma estudante da cidade de Mossoró (RN), que participou da tal brincadeira, bateu a cabeça e sofreu traumatismo craniano e não resistiu.

            O fato é grave, reitera o diretor do colégio GEO Sul, Roberto Oliveira, que também solicitou de sua equipe pedagógica que alertem os alunos sobre a gravidade deste desafio que não tem nada de diversão. “Como uma escola que tem compromisso com seus alunos além da questão pedagógica, nos inserimos nesta campanha que busca inibir iniciativas desta natureza”, destaca Roberto.

Compartilhe esta notícia:

Últimas notícias

Imprensa

Entre em contato com:

ELIANE SOBRAL
esnews@terra.com.br
(83) 3221-8829 / (83) 99985-0706

Trabalhe
Conosco

Facebook

Facebook

Instagram

Instagram

Fechar